Como utilizar gatilhos mentais no e-mail marketing?

Escrito por

Publicado em: 26 de abril de 2022

O e-mail marketing é uma das principais formas de comunicação, interação e conversão para as empresas. As empresas enviam milhares de e-mails diariamente para as pessoas, o que resulta em muitas mensagens chegando à caixa de entrada de seus e-mails. É nesse momento que entram os gatilhos mentais no e-mail marketing.

Em um cenário competitivo, onde a briga por atenção e pelo clique é grande, utilizar gatilhos mentais é uma das melhores soluções para fazer com que seu e-mail seja percebido na caixa de entrada.

Por isso, agora veremos os principais gatilhos mentais que não só podem como devem ser utilizados no título e no corpo do seu e-mail marketing. Confira:

O que são gatilhos mentais?

Os Gatilhos mentais são estímulos e comandos recebidos pelo nosso cérebro por meio de uma mensagem, com a intenção de influenciar uma tomada de decisão. São técnicas de persuasão, utilizadas para que uma mensagem desperte uma emoção e percepção no receptor.

Esses gatilhos mentais estão presentes nos mais diversos tipos de mensagens, por meio do processo de copywriting. Filmes, propagandas, anúncios, roteiros de novelas, entre outros, é possível encontrar gatilhos mentais até em embalagens de produtos. A intenção é fazer com que o cérebro tome decisões de forma automática.

Para uma estratégia de e-mail marketing, esses gatilhos fundamentais. Eles são fundamentais para fazer com que um lead abra um e-mail ou mesmo para fazer com que clique no CTA. Por isso, a seguir vamos apresentar os 4 principais gatilhos mentais para essa ação.

Principais gatilhos mentais no e-mail marketing

Antes de apresentarmos os gatilhos mentais, é importante destacar que é necessário criar um contexto para utilização de cada um. Lembre-se, seus concorrentes também conhecem essa técnica e vão utilizá-la, o que vai destacar é o contexto criado.

1. Gatilho mental da escassez e urgência

O gatilho mental da escassez é um dos mais utilizados em e-mails marketing de vendas e para contatos que estão próximos ao fechamento do negócio. Trata-se de uma estratégia para gerar a sensação de risco de perder uma oferta ou, mais impactante, de deixar passar uma oportunidade única.

Deixar claro a exclusividade de uma oferta, o número limitado de clientes e o desconto apenas no e-mail são formas de utilizar corretamente o gatilho da escassez. A grande questão aqui é a necessidade de realmente cumprir o que promete.

Se em um e-mail você informa que essa é a última oportunidade para comprar um produto com desconto, o próximo e-mail não pode ter a mesma chamada. É preciso realmente gerar escassez sobre a oferta.

2. Gatilho mental da prova social

Uma das principais características da nossa sociedade é o fato de desejarmos fazer parte de grupos. O gatilho da prova social utiliza justamente essa sensação.

A ideia desse recurso é apresentar casos de pessoas que fizeram essa escolha. Por isso, e-mails com depoimentos, testemunhos e opiniões são bem aceitos pelo público, afinal, queremos saber o que os outros estão pensando.

E o mais importante: as pessoas querem estar na moda, utilizar o produto do momento e acompanhar movimentos, por isso, deixar claro que muita gente aprova e usa é uma boa forma de usar esse gatilho.

3. Gatilho mental da reciprocidade

Esse gatilho mental é muito utilizado para ações de e-mail marketing baseadas em uma estratégia de Inbound Marketing. O usuário cria uma necessidade de retribuição toda a vez que ele baixa um material gratuito que você ofereceu.

Assim, ao enviar um e-mail com alguma oferta, ou mesmo com um novo material, a tendência é que esse contato esteja mais disposto a clicar nos CTAs. Por isso, é importante conectar com o material e lembrar sobre a entrega já realizada.

4. Gatilho mental da curiosidade

Por fim, o gatilho mental que tem como objetivo despertar a curiosidade das pessoas. Provavelmente, ao começar a ler esse conteúdo, houve a curiosidade sobre quais seriam os 4 gatilhos mentais.

Utilizar gatilhos assim é um caminho necessário, sobretudo para o título do e-mail. Para o corpo do e-mail, utilizar storytelling é uma ótima forma de despertar a curiosidade de sua base.

Como as pessoas, geralmente, gostam de histórias, elas ficam interessadas e curiosas para entender o final e acabam se envolvendo com o e-mail. No final das contas, isso é ótimo para relacionar com produtos e serviços e conseguir maior engajamento.

Esses são os 4 principais gatilhos mentais que podem ser utilizados em estratégias de e-mail marketing. Aqui em nosso blog, você encontra outros conteúdos de dicas que, assim como os gatilhos mentais, podem te ajudar a conseguir melhores resultados.

Apaixonada por viver e pela minha família! Gosto muito de trabalhar, escrever, assistir filmes e de café. Na verdade amo café! Sou cofundadora da Agência Assoweb e me dedico ativamente ao sucesso dos meus clientes. 🚀😍

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Assoweb a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.